terça-feira, 4 de março de 2008

O Estatuto do Aluno

“O estatuto de aluno concede-lhe o direito de não reprovar por faltas. Se faltar, o problema não é dele. A escola é que terá que resolver o problema.

Tendo singrado na vida e atingido o fim da escolaridade sem saber ler nem escrever e mesmo sem ter posto os pés nas aulas, o estatuto de cidadão concede-lhe o direito de ter um emprego.

Se faltar ao emprego como faltava às aulas, o problema não é dele. O patrão é que terá que resolver o problema.

Se, por um impensável absurdo, for despedido, o problema não é dele. O estatuto de desempregado concede-lhe o direito de ter um subsídio de desemprego e o problema é do Estado.

Se, na vigência do subsídio, faltar às entrevistas ou recusar novo emprego, o problema não é dele. As suas habilitações arduamente conquistadas concedem-lhe o direito de escolher emprego compatível e o problema é do Instituto do Emprego, obrigado a arranjar-lhe ocupação, para não aumentar as listas de desempregados.

Se, por um novo improvável absurdo, ficar fora do esquema, o problema não é dele, que o estatuto de cidadão com todos os direitos concede-lhe o direito ao rendimento social de inserção.

Que constituirá uma renda perpétua, pois o cidadão tem direito à existência! …

Renda paga pelos portugueses e não, como devia ser, pelos autores desta celerada lei, fautora da indisciplina, do laxismo, do não te rales, da irresponsabilidade mais absoluta, fomentadora da exclusão social!..

Por uma vez, tenho direito à indignação, com todas as letras: Puta que os pariu!...”

UMA PROFESSORA

via: A Sinistra Ministra.

4 comentários:

Corduroy disse...

E eu como professor também o digo e com caps lock ligado: PUTA QUE OS PARIU.
Excelente texto de um excelente blog.
Abraço.

ph_no_mad disse...

Eu peço desculpa, mas acho que as putas não são responsáveis.
Estes anormais do Phoder só podem ser resultado de manipulação genética.

Beezzblogger disse...

Mas é que nem podia estar mais de acordo, de facto, avançamos para o abismo vertiginosamente.

Abraços do Beezz

Rosiana Monbon disse...

Gracias a ti, he aprendido muchas cosas interesantes. Espero aprender aún. Te felicito por estas maravillosas compartir. Continúe con este!

voyance gratuite mail ; voyance gratuite par telephone