sábado, 2 de fevereiro de 2008

Engenharia Sócretina

Moradia (ampliação para três pisos no meio das casas velhas) na aldeia de Faia, concluída em 1983 com projecto e responsabilidade de José Sócrates. A obra estava a ser feita ilegalmente e a Câmara mandou demoli-la em 20 de Setembro de 1983. No dia 10 do mês seguinte o projecto de José Sócrates entrou na câmara e no dia 11 Abílio curto aprovou-o, legalizando as obras já feitas.


O nosso primeiro foi apanhado em mais uma falcatrua, desta vez foi por causa de assinar projectos que não eram dele. Segundo o jornal Público, o intruja Sócrates assinou numerosos projectos de edifícios na Guarda, ao longo da década de 80, cuja autoria os donos das obras garantem não ser dele. Nalguns casos, esses documentos eram manuscritos com a letra de Fernando Caldeira, um colega de curso do actual primeiro-ministro que era funcionário do município e que, por isso, não podia assumir a autoria de projectos na área do concelho.


Para ver mais alguns dos projectos do mesmo artista que assinou a obra que ilustra este post é só clicar aqui.

1 comentário:

Rosiana Monbon disse...

Estoy muy orgulloso de encontrar usted, su blog es realmente genial! Me gusta su interfaz, y yo también amé el contenido también. Especialmente por lo que continuar!

voyance gratuite mail ; voyance par mail gratuite