segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

O Significado de Al-Qaeda

Em Árabe “Al-Qaeda” tem diversos significados, entre eles encontramos: “Base”, “Chão”, “Norma”, “Regra”, “Fundamento”, “Gramática”. O significado exacto depende do contexto em que é usado. Depende da palavra que se segue a “Al-Qaeda” na frase. “Qawa'ad Askaria” é uma base de exército, “Qawa'ad Lugha " tem a ver com as regras da gramática (as bases da gramática).

“Qa'ada” é o infinitivo do verbo “Sentar”. “Ma-Qa'ad” é uma cadeira. “Al-Qaeda” são a base ou o fundamento de algo. "Ana raicha Al Qaeda" é o coloquial para “ eu vou à casa de banho (toilet em inglês). O uso da palavra “al-Qaeda”, muito comum e difundido na língua do povo em diferentes países árabes é para a sanita da casa de banho. Este nome vem do verbo Árabe “Qa-ada” que significa “Sentar”, pertinentemente, na “sanita”. Em muitos lares Árabes há dois tipos de casa de banho:”Al-Qaeda” também conhecida como “Hamam Franji” ou “casa de banho estrangeira”(foreign toilet em inglês), e “Hamam Arabi” ou “casa de banho árabe”(conhecida no ocidente como casa de banho turca) que consiste num buraco no chão para onde se faz as necessidades. O penico usado pelas crianças é conhecido como "Ma Qa'adia" ou "Little Qaeda"(pequena Qaeda).

Aqueles que fundaram a gloriosa, Al-qaeda Terrorista Islâmica Internacional, provavelmente sabiam muito pouco acerca do uso comum da linguagem Árabe, para saber que usando um nome como esse arriscavam-se a ser motivo de chacota de todos aqueles que falam o Árabe comum.

O rapto, a tortura e a execução de pessoas são actos terroristas que de maneira Alguma estão relacionados com Deus ou com o Islão, e estas acções não são recompensadas com o paraíso como algumas figuras ignorantes dos média ocidentais querem nos fazer crer.

Os actos terroristas do 11 de Setembro de 2001 em Nova York , e os de 11 de Março de 2004 em Madrid, e outros eventos associados ao Islão, estão claramente não relacionados ao Islão se considerarmos que a Organização Terrorista Al-Qaeda foi estabelecida pela CIA nos anos 80. Al-Qaeda não é mais do que uma frente islâmica que permite à CIA cometer crimes em nome dos Muçulmanos. É muito bem sabido que os terroristas Mujahedeen no Afeganistão foram organizados, treinados e fundados pela CIA usando a ISI Paquistanesa para combater o exército Soviético no Afeganistão no final de 1979. Os Mujahedeen podem ser vistos como terroristas da CIA com um nome islâmico. O Afeganistão tem sido destruído por estes fanáticos por causa dos interesses americanos.

Os actos da Al-Qaeda somente serviram e promoveram os interesses dos EUA e de Israel em destruir todo o Médio Oriente para que se torne mais fácil roubar a região e os seus recursos.

Tradução livre deste artigo do Prison Planet.

Sem comentários: