sábado, 30 de junho de 2007

Cerveja de Canábis


Já chegou a Portugal a cerveja feita à base de cânhamo: a Cannabia. É 100% biológica e completamente legal.

A Cannabia nasceu em 1996, na Alemanha, quando o país autorizou o cultivo de cânhamo. Já está à venda na Alemanha, Itália, Espanha, França, Áustria, Holanda, Reino Unido, Suiça, Bélgica, Polónia, Bulgária, Japão e Sérvia e Montenegro.

Agora, mais de 10 anos depois de ter dado os primeiros passos, a Cannabia chega finalmente a Portugal. Esta cerveja tem 4,8 graus de teor alcoólico e um aroma nunca antes provado no nosso país. É feita à base de água, malte de cevada, açúcar, lúpulo e, claro, cânhamo.

A Cannabia chega a Portugal pela mão de João Carvalho, que foi o primeiro português a aderir à ideia desta cerveja biológica e inovadora e que tem agora um contrato de exclusividade com a marca. «O cânhamo é um aroma que não está explorado em Portugal. É um produto que não tem concorrência», explica João Carvalho.

Para já, o engenheiro agrónomo João Carvalho vai apresentar a Cannabia às lojas de produtos biológicos e grandes superfícies que possuam secção de produtos biológicos. No horizonte estão bares, restaurantes e as casas de todos os portugueses.

A Cannabia vai estar à disposição dos portugueses por um preço de venda de dois euros. «Um preço bastante acessível, na média do das cervejas importadas, sendo que esta é diferente de todas as que já chegaram até agora a Portugal», conclui o responsável.


E eu aguardo (im)pacientemente para provar.

agradecimentos ao blog do esmifradito .

Petição online

Existe uma petição online para se insurgir contra a postura anti-constitucional demonstrada pelo 1º Ministro, órgão soberano, ao processar por difamação o sr. António Balbino Caldeira. Em seu blogue levanta-se a polémica de estar em causa a consistência do título do nosso 1º Ministro, José Sócrates.

José Sócrates processou antes de provar o contrário. Mesmo estando provado o contrário, uma especulação polémica não deixa de ser uma especulação polémica. Não atenta nem anulará a integridade do título. Num sistema democrático especular-se ainda que polemicamente é sinónimo a liberdade de expressão.

Antes de ser movido por um órgão soberano, um processo que riposta a uma apregoada difamação, deveria ter como fundamentada a natureza da difamação - se esse algo polémico é verdadeiro ou não.

Pois mover-se um processo apregoando de difamatória certa expressão, já de si é abuso de poder porque a própria especulação que em si é forma de liberdade de expressão, ainda nem sequer foi comprovada como forma difamatória, nem sequer foi refutada.

A difamação nunca chegou a sê-lo enquanto não for provada como tal. José Sócrates ainda não fundamentou a consistência do seu título em contra-argumento à polémica de António Caldeira. Estar portanto um órgão soberano restringindo a liberdade de expressão dum cidadão, atribuindo-lhe um carácter difamatório, sem o ter provado de tal, é algo que implica uma infracção aos direitos constitucionais do cidadão pois o Estado deve estar em acordo e subordinação para com a Constituição da República, neste caso com o artigo 37º que visa a liberdade de expressão e informação.

Em prol da liberdade de expressão fundamentou-se a criação da petição, pelo contexto presente e por um eventual cenário futuro.Em sua lógica, pensa-se que caberá ao nosso Presidente da República Aníbal Cavaco Silva, tendo em conta ser ele o órgão soberano máximo de Portugal, tomar uma qualquer medida que reprima o abuso de poder do 1º Ministro.

Pretende reunir mais de 1.000 assinaturas e será entregue ou ao site oficial da Presidência da República ou ao palácio de Belém.

ENDEREÇO - (http://www.petitiononline.com/tasfasta/petition.html)

retirado do Pasquim do Povo .

sexta-feira, 29 de junho de 2007

Airtap

Espectacular...

Big Brother

À semelhança do livro 1984, Portugal está a caminhar para um Big Brother onde todos os passos do cidadão são seguidos atentamente por câmaras de vigilância e pelo próprio governo. A partir do próximo ano lectivo o sistema de videovigilância vai ser generalizado a todas as escolas. Depois de o governo aprovar em Conselho de Ministros uma proposta de lei para a criação de uma base de dados de perfis de ADN e do cartão de cidadão único temos mais uma lei para cortar a liberdade aos portugueses.
E quem é que se lixa com isto tudo? Quem é? Pois é adivinharam, é o povo.

Fico parvo como é que existe pessoas que possam estar de acordo com estas medidas que nos vão privar da nossa liberdade, que aos poucos nos vão deixar sem espaço para sermos livres e fazermos qualquer coisa sem pensar que podemos estar a ser vigiados.
Em vez de apostarem numa politica de paz e liberdade, apostam numa de repressão e controle. Será que não percebem que isto só serve para despertar mais o ódio contra o poder e contra a autoridade.

Off The Wall

Amanhã em Lagoa, no recinto da Fatacil, vão estar os Off The Wall, um tributo aos Pink Floyd, que já passou, p.ex., pelo pavilhão Atlântico. Um espectaculo a não perder pelos fãs, e não só, desta excelente banda, onde me incluo, embora ainda não saiba como irei, visto a canalha que me paga o ordenado ainda não o ter feito. Eles dizem que já fizeram a transferência, mas parece que por ter conta na CGD ainda não está disponivel. A mim parece-me é que os chulos querem fazer o meu dinheiro render mais uns dias. Bem, mas isto não interessa nada para o propósito deste post, que é o de mostrar um video dos Off The Wall, quando foram tocar à Sic na altura que vieram fazer o concerto no Atlântico.
Os bilhetes para o concerto de amanhã, que tem inicio às 22 horas, custam 6 euros. A primeira parte é assegurada pelos "Monomonkey", uma banda da Marinha Grande.

quinta-feira, 28 de junho de 2007

500 Anos de Retratos Mulheres

Encontrei no Makejeite um link para o video que podemos ver neste post. São 500 anos de retratos de mulheres juntos num único video.
Se quiserem ver o site onde estão reunidos todos esses trabalhos, cliquem aqui ,e que por sua vez tem outro link para podermos observar com melhor detalhe essas excelentes pinturas, é só clicar aqui.

quarta-feira, 27 de junho de 2007

As Intrujisses dos Soares ao Longo da História de Portugal

Na sequência do post anterior em que falo do Mário Soares e da sua familia resolvi postar aqui um breve resumo da vida dessa familia que tanto fez e faz para foder o País e encher os seus bolsos. É importante conhecer estas trafulhas e intrujisses para perceber como chegamos até este governo de merda que temos e para o qual o Soares tanto contribuiu.

"Espanta desde logo a intervenção pública da generalidade das figuras políticas do país, que vão desde o Presidente da República até ao deputado do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, passando pelo PP de Paulo Portas e Basílio Horta, pelo PSD de Durão Barroso e por toda a sorte de fazedores de opinião, jornalistas (ligados ou não à Fundação Mário Soares), pensadores profissionais, autarcas, « comendadores » e comentadores de serviço, etc? Tudo como se Mário Soares fosse uma virgem perdida no meio de um imenso bordel. Sei que Mário Soares não é nenhuma virgem e que o país (apesar de tudo) não é nenhum bordel.

A primeira ideia que se agiganta sobre Mário Soares é que é um homem que não tem princípios mas sim fins. É-lhe atribuida a célebre frase : « Em política, feio, feio, é perder ». São conhecidos também os seus zigue-zagues políticos desde antes do 25 de Abril. Tentou negociar com Marcelo Caetano uma legalização do seu (e seus amigos) agrupamento político, num gesto que mais não significava do que uma imensa traição a toda a oposição, mormente àquela que mais se empenhava na luta contra o fascismo.Já depois do 25 de Abril, assumiu-se como o homem dos americanos e da CIA em Portugal e na própria Internacional Socialista.Dos mesmos americanos que acabavam de conceber, financiar e executar o golpe contra Salvador Allende no Chile e que colocara no poder Augusto Pinochet.Mário Soares combateu o comunismo e os comunistas portugueses como nenhuma outra pessoa o fizera durante a revolução e foi amigo de Nicolau Ceaucescu, figura que chegou a apresentar como modelo a ser seguido pelos comunistas portugueses.Durante a revolução portuguesa andou a gritar nas ruas do país a palavra de ordem « Partido Socialista, Partido Marxista », mas mal se apanhou no poder meteu o socialismo na gaveta e nunca mais o tirou de lá. Os seus governos notabilizaram-se por três coisas : políticas abertamente de direita, a facilidade com que certos empresários ganhavam dinheiro e essa inovação da austeridade soarista (versão bloco central) que foram os salários em atraso.

INSULTO A UM JUIZ
Em Coimbra, onde veio uma vez como primeiro ministro, foi confrontado com uma manifestação de trabalhadores com salários em atraso. Soares não gostou do que ouviu (chamaram-lhe bandido e corrupto) e alguns trabalhadores foram presos por polícias zelosos. Mas, como não apresentou queixa (o tipo de crime em causa exigia a apresentação de queixa), o juiz não teve outro remédio senão libertar os detidos no próprio dia. Soares não gostou e insultou publicamente esse magistrado, o qual ainda apresentou queixa ao Conselho Superior da Magistratura contra Mário Soares, mas sua excelência não foi incomodado. Na sequência, foi modificado o Código Penal, o que constituiu a primeira alteração de que foi alvo por exigência dos interesses pessoais de figuras políticas.Soares é arrogante, pesporrento e malcriado. É conhecidíssima a frase que dirigiu, perante as câmaras de TV, a um agente da GNR em serviço que cumpria a missão de lhe fazer escolta enquanto presidente da República durante a Presidência aberta em Lisboa : « Ó sr. Guarda desapareça ». Nunca, em Portugal, um agente da autoridade terá sido tão humilhado publicamente por um responsável político, como aquele pobre soldado da GNR .
Em minha opinião, Mário Soares nunca foi um verdadeiro democrata. Ou melhor é muito democrata se fôr ele a mandar. Quando não, acaba-se imediatamente a democracia. À sua volta não tem amigos, e ele sabe-o ; tem pessoas que não pensam pela própria cabeça e que apenas fazem o que ele manda e quando ele manda. Só é amigo de quem lhe obedece. Quem ousar ter ideias próprias é triturado sem quaisquer contemplações. Algumas das suas mais sólidas e antigas amizades ficaram pelo caminho quando ousaram pôr em causa os seus interesses ou ambições pessoais.Soares é um homem de ódios pessoais sem limites, os quais sempre colocou acima dos interesses políticos do partido e do próprio país. Em 1980, não hesitou em apoiar objectivamente o General Soares Carneiro contra Eanes, não por razões políticas mas devido ao ódio pessoal que nutria pelo general Ramalho Eanes. E como o PS não alinhou nessa aventura que iria entregar a presidência da República a um general do antigo regime, Soares, em vez de acatar a decisão maioritária do seu partido, optou por demitir-se e passou a intrigar, a conspirar e a manipular as consciências dos militantes socialistas e de toda a sorte de oportunistas, não hesitando mesmo em espezinhar amigos de sempre como Francisco Salgado Zenha.Confesso que não sei por que é que o séquito de prosélitos do soarismo (onde, lamentavelmente, parece ter-se incluido agora o actual presidente da República), apareceram agora tão indignados com as declarações de governantes angolanos e estiveram tão calados quando da publicação do livro de Rui Mateus sobre Mário Soares. Na altura todos meteram a cabeça na areia, incluindo o próprio clã dos Soares, e nem tugiram nem mugiram, apesar de as acusações serem então bem mais graves do que as de agora. Por que é que Jorge Sampaio se calou contra as « calúnias » de Rui Mateus ?

PRESSÕES SOBRE MAGISTRADOS
Aliás, só num país sem cultura democrática e sem qualquer respeito pelas mais elementares regras da justiça é que a publicação de um livro como o de Rui Mateus, não teve quaisquer consequências. Num país minimamente decente e onde a cidadania não fosse uma miragem, um dos dois estaria a contas com a justiça : ou o autor do livro como caluniador, ou o visado como autor dos comportamentos imputados. Mas não; tudo se calou e nem sequer um processo crime por difamação foi instaurado. A própria Procuradoria Geral da República assobiou para o lado, como se nada tivesse acontecido.Mário Soares manifestou um profundo desprezo pela independência da justiça portuguesa e tentou pressionar publica e indevidamente magistrados no exercício das suas funções, aparecendo publicamente a solidarizar-se com Leonor Beleza no caso dos hemófilicos e proferindo declarações gravíssimas para a idoneidade e independência de magistrados. Tudo para impedir um julgamento de uma figura política, apesar de haver fortíssimos indícios da prática dos delitos imputados. Soares, como advogado que foi sabia que, perante certos factos, só em julgamento é que se pode verdadeiramente apreciar a culpabilidade ou inocência das pessoas envolvidas, mas tudo fez, juntamente com outros políticos, para impedir esse julgamento.

Não sei nem me interessa saber se Mário Soares e a família beneficiam ou não do tráfico dos diamantes (que tem a placa giratória em Lisboa) e do marfim angolano. E em bom rigor poucos poderão ter uma certeza devidamente sustentada sobre qualquer das alternativas. Sei apenas que nunca houve qualquer indício, por mais frágil que fosse, de que Soares e/ou familiares seus tenham metido dinheiro ilícito ao bolso, durante os tempos em que exerceram funções públicas. Mas sei também que Soares não me merece nenhuma confiança especial e que à volta dele, mesmo muito próximo dele, sempre houve pessoas com comportamentos muito pouco recomendáveis. Ora vejamos :No 1° ou 2° Governo Constitucional, em que Soares era primeiro ministro, os portugueses que quisessem ir ao estrangeiro só podiam levar consigo 7.500$00. No entanto um membro do governo foi descoberto a depositar na Suiça uma quantia de milhares de contos prevalecendo-se de um passaporte diplomático. Tudo ficou em « águas de bacalhau ».Mais tarde quando Soares era primeiro ministro do chamado Bloco Central (governo do PS e do PSD), um membro do governo, Custódio Simões, dirigente do PS foi descoberto a utilizar dinheiros públicos em empresas suas. Apesar das evidências das provas apresentadas pelos órgãos de informação, Soares veio à televisão defendê-lo. Pouco tempo depois, o escândalo rebentava mesmo e esse governante demitia-se. Mais tarde o mesmo Custódio Simões haveria de se envolver numa das mais gigantescas fraudes com dinheiros públicos ? o célebre caso do matadouro da Guarda ? e hoje anda fugido pelo mundo com um mandato de captura internacional.

DINHEIRO DE MACAU
Anos mais tarde, um senhor que fora ministro de um governo chefiado por Mário Soares, Rosado Correia, vinha de Macau para Portugal com uma mala com dezenas de milhares de contos. A proveniência do dinheiro era tão pouco limpa que um membro do governo de Macau, António Vitorino, foi a correr ao aeroporto tirar-lhe a mala à última hora. Parece que se tratava de dinheiro que tinha sido obtido de empresários chineses com a promessa de benefícios indevidos por parte do governo de Macau. Para quem era esse dinheiro foi coisa que nunca ficou devidamente esclarecido.O caso Emaudio e o célebre fax de Macau é um episódio que envolve destacadíssimos soaristas, amigos íntimos de Mário Soares e altos dirigentes do PS da época soarista. Menano do Amaral chegou a ser responsável pelas finanças do PS e Rui Mateus foi durante anos responsável pelas relações internacionais do partido, ou seja, pela angariação de fundos no estrangeiro. Não haveria seguramente no PS ninguém em quem Soares depositasse mais confiança. Ainda hoje subsistem muitas dúvidas (e não só as lançadas pelo livro de Rui Mateus) sobre o verdadeiro destino dos financiamentos vindos de Macau. No entanto, em tribunal, os pretensos corruptores foram processualmente separados dos alegados corrompidos, com esta peculiaridade (que não é inédita) judicial : os pretensos corruptores foram condenados, enquanto os alegados corrompidos foram absolvidos.Aliás, no que respeita a Macau só um país sem dignidade e um povo sem brio nem vergonha é que toleravam o que se passou nos últimos anos (e nos últimos dias) de administração portuguesa daquele território, com os chineses pura e simplesmente a chamar ladrões aos portugueses. E isso não foi só dirigido a alguns coladores de cartazes do MASP que a dada altura enxamearam aquele território. Esse epíteto chegou a ser dirigido aos mais altos representantes do Estado Português. Tudo por causa das fundações criadas para tirar dinheiro de Macau. Mas isso é outra história cujos verdadeiros contornos hão-de ser um dia conhecidos.Não foi só em Portugal que Mário Soares conviveu com pessoas pouco recomendáveis. Veja-se o caso de Betino Craxi, o líder do PS italiano, condenado a vários anos de prisão pelas autoridades judiciais do seu país, devido a graves crimes como corrupção. Soares fez questão de lhe manifestar publicamente solidariedade quando ele se refugiou na Tunísia. Veja-se também a amizade com Filipe Gonzalez, líder do Partido Socialista de Espanha que não encontrou melhor maneira para resolver o problema político do país Basco senão recorrer ao terrorismo, contratando os piores mercenários do lumpen e da extrema direita da Europa para assassinar militantes e simpatizantes da ETA.Mário Soares utilizou o cargo de presidente da República para passear pelo estrangeiro como nunca ninguém fizera em Portugal. Ele, que tanta austeridade impôs aos trabalhadores portugueses enquanto Primeiro Ministro, gastou, como Presidente da República, milhões de contos dos contribuintes portugueses em passeatas pelo mundo, com verdadeiros exércitos de amigos e prosélitos do soarismo, com destaque para jornalistas. São muitos desses « viajantes » que hoje se põem em bicos de pés a indignar-se pelas declarações dos governantes angolanos.Enquanto Presidente da República, Soares abusou como ninguém das distinções honoríficas do Estado Português. Não há praticamente nenhum amigo que não tenha recebido uma condecoração, enquanto outros cidadãos, que tanto as mereceram, não obtiveram qualquer distinção durante o seu « reinado ». Um dos maiores vultos da resistência antifascista no meio universitário, e um dos mais notáveis académicos portugueses, perseguido pelo antigo regime, o Prof. Doutor Orlando de Carvalho, não foi merecedor, segundo Mário Soares, da Ordem da Liberdade. Mas alguns que até colaboraram com o antigo regime receberam as mais altas distinções. Orlando de Carvalho só veio a receber a Ordem da Liberdade depois de Soares deixar a Presidência da República, ou seja logo que Sampaio tomou posse. A razão foi só uma : Orlando de Carvalho nunca prestou vassalagem a Soares e Jorge Sampaio não fazia depender disso a atribuição de condecorações.

FUNDAÇÃO COM DINHEIROS PÚBLICOS
A pretexto de uns papéis pessoais cujo valor histórico ou cultural nunca ninguem sindicou, Soares decidiu fazer uma Fundação com o seu nome. Nada de mal se o fizesse com dinheiro seu, como seria normal. Mas não ; acabou por fazê-la com dinheiros públicos. Só o governo, de uma só vez deu-lhe 500 mil contos e a Câmara de Lisboa, presidida pelo seu filho, deu-lhe um prédio no valor de centenas de milhares de contos. Nos Estados Unidos, na Inglaterra, na Alemanha ou em qualquer país em que as regras democráticas fossem minimamente respeitadas muita gente estaria, por isso, a contas com a justiça, incluindo os próprios Mário e João Soares e as respectivas carreiras políticas teriam aí terminado. Tais práticas são absolutamente inadmissíveis num país que respeitasse o dinheiro extorquido aos contribuintes pelo fisco. Se os seus documentos pessoais tinham valor histórico Mário Soares deveria entregá-los a uma instituição pública, como a Torre do Tombo ou o Centro de Documentação 25 de Abril, por exemplo. Mas para isso era preciso que Soares fosse uma pessoa com humildade democrática e verdadeiro amor pela cultura. Mas não. Não eram preocupações culturais que motivaram Soares. O que ele pretendia era outra coisa. Porque as suas ambições não têm limites ele precisava de um instrumento de pressão sobre as instituições democráticas e dos órgãos de poder e de intromissão directa na vida política do país. A Fundação Mário Soares está a transformar-se num verdadeiro cancro da democracia portuguesa.

(...)João Soares passeou-se pelo território angolano com desprezo pelas autoridades legítimas do país, como se fosse terra de ninguém e ainda hoje continua a conspirar em Lisboa contra o governo Angolano. Mário Soares, esquecendo que o actual governo de Angola resulta de eleições declaradas livres e justas pela ONU (ao contrário do que sucede em muitos países contra os quais não diz uma palavra), chamou ladrões e corruptos aos seus governantes, mas não teve um gesto de condenação a Betino Craxi ou aos corruptos políticos italianos a contas com a lei.
Pai e filho sempre apoiaram sem qualquer vislumbre de vergonha Jonas Savimbi e a UNITA, ignorando a colaboração dessa camarilha de assassinos com o fascismo português e com a própria PIDE. Esquecendo deliberadamente que a UNITA tinha sido criada e apoiada pelo fascismo português (ouça-se o que diz o Marechal Costa Gomes) unicamente para combater o MPLA e assassinar os seus dirigentes.Savimbi, Bokassa, Mobutu e Idi Amin. No entanto, nunca ninguém se indignou contra esse comportamento oportunista e mesquinho de Mário e de João Soares.
Além disso, parece que todos já esqueceram o que foi a liberdade de imprensa em Portugal durante o tempo em que Mário Soares foi 1° Ministro, sobretudo no Bloco Central.Savimbi, cuja dimensão política só é comparável a Bokassa, Idi Amin ou Mobutu (outro amigo de Soares) sempre foi acarinhado, directa e indirectamente, por Mário e João Soares. Savimbi mandou pura e simplesmente assassinar alguns dirigentes da UNITA (que discordavam dele) e respectivas famílias, incluindo os filhos ainda crianças. Mas contra isso nem Mário Soares nem os seus amigos se indignaram. Durante anos a UNITA e seus apoiantes exigiram eleições e quando elas se fizeram, Savimbi deu a sua verdadeira noção de democracia : como perdeu não aceitou os resultados (mais ou menos como Soares fizera com as votações dos órgãos dirigentes do PS em 1980 a propósito de Ramalho Eanes e Soares Carneiro) e voltou a impôr a guerra ao povo angolano. Parece que todos se esqueceram já que o actual governo angolano resulta de eleições democráticas, declaradas pela ONU (e até reconhecidas pelos Estados Unidos) como justas e livres. Mais tarde a UNITA voltou a assinar outro acordo de paz, em Lusaca, mas logo de seguida voltou a rasgá-lo, porque tal não correspondia aos interesses dos traficantes (portugueses e africanos) do marfim e dos diamantes de Angola.

Este texto foi originalmente escrito por António Marinho e foi publicado no Diário Do Centro, de 15 de Março de 2000. Pode ser lido na íntegra aqui.

Novo Código de Trabalho(?)

Foi hoje apresentado na Assembleia da República o Livro Branco para alteração do Código de Trabalho. Esta proposta de alteração só vai lixar o trabalhador ainda mais do que ele já está, ficando com menos dias de férias e com mais horas de trabalho, além de reduzirem o ordenado ainda mais do que ele já está. Querem também aumentar o horário de trabalho para 12 horas diárias ou mais, depois dizem que dão dias de férias para compensar, esta situação já se passa, ilegalmente, em muitos sitios portanto não vai ser nada de novo aquilo que querem fazer. Outra merda que já se passa, e que não sei se vão regulamentar, é o facto de não pagarem subsidio de férias quando o empregado vai de férias, mas sim mais um X mensalmente junto ao ordenado (fico parvo como é que há pessoas que aceitam estas condições e ainda estão todos contentes porque dizem que recebem mais de ordenado todos os meses, será caso que não percebem que isso é inconstitucional e que na realidade não recebem mais, na volta até recebem menos ao fim do ano).

Podem ler a noticia aqui e que continua aqui.


Muito sinceramente estou farto desta canalha toda que nos (des) governa e que nos (des)governou desde o 25 de Novembro de 1975, altura em que o Ramalho Eanes e o Mário Soares chegam ao poder (não podemos esquecer que o filho deste último teve um acidente com um avião carregado de diamantes e marfim em Angola, portanto por aqui se pode ver do que esta familia é capaz de fazer, não podemos esquecer também o apoio que o Soares recebeu da CIA logo após o 25 de Abril de 1974 e que culminou no 25 de Novembro de 1975).

segunda-feira, 25 de junho de 2007

As 7 Maravilhas

Aproxima-se o dia 7-7-2007, o dia que foi "escolhido" para ser dado a conhecer ao mundo as novas 7 Maravilhas. Por esta razão acho importante conhecer um pouco do significado desse numero mítico e porque foi escolhido o nosso País para organizar o evento, que só por acaso(?) se vai realizar no estádio da Luz, nesta "Lux Citânia" ( Lusitania) à beira mar plantada, neste Porto de Paz (Porto-Graal).

Portugal tem uma cidade com características únicas no Mundo em termos de localização geográfica e história oculta de nível transcendental. É ela... Setúbal, uma cidade cujo nome resulta da cisão de 2 nomes bíblicos que representam os fundadores da Civilização, a saber: Seth (3º filho de Adão) e Ubal (um descendente de Noé). Escreve-se com sete letras e diz-se ser “Sete Vezes Sábia” por ter sido abençoada por grandes Seres. Não percebo porque não foi esta a cidade escolhida, talvez por não ter um estádio com o nome de Luz e talvez por Lisboa (Boa Lis, Boa Luz) ser a cidade das 7 colinas(assim como Roma e Jerusálem).

Mas analisemos antes o significado do número “7” que é o símbolo gráfico sagrado e perfeito (segundo Pitágoras) de qualquer manifestação do Divino na Terra como no Cosmos. Temos, por exemplo, os 7 dias da Criação do Mundo, os 7 Raios da Luz Sem Fim, o “7º Céu”, as 7 Constelações de Estrêlas, os 7 Arcanjos do Trono de Deus, os 7 degraus da Escada de Jacob referidos na Bíblia que representam os 7 Planetas Sagrados com Aura astro-etérea de ascenção astrológica por onde temos de passar até chegar á Perfeição...

Na Terra temos as 7 cores do Arco-Iris, os 7 dias da semana, as 7 notas musicais, as 7 artes, os 7 ‘chakras’ do corpo humano, os setes grupos de vértebras, os 7 orifícios no crânio, as 7 virtudes humanas, os 7 pecados capitais, os 7 anos de idade para cada fase da mudança de personalidade.

Curiosamente, realizou-se pela 1ª vez, em "Seth Ubal", no dia 10-6-2007 , a Comemoração do dia de Portugal, de Camões, com a presença do sr. Presidente da República (Prof. Cavaco Silva) que veio aqui por alguma razão, no ano em que nosso país assume a presidência da União Europeia. Verificou-se também que eram 7 entidades ao todo que constituíam, com ele, a tribuna de honra onde estava sentado. Coincidências?

Se quiserem aprofundar este tema da cidade de Setúbal podem a ir este site.

Por agora o que interessa são as 7 Maravilhas Mundiais, as antigas e as modernas.

As 7 Antigas Maravilhas foram escolhidas, obviamente, pelos gregos, mas a origem da lista das antigas 7 maravilhas ainda continua sendo um mistério, alguns atribuem a lista aos historiadores gregos Heródoto ou Antípatro de Sídon, outros atribuem ao Philon de Bizâncio que foi um importante engenheiro grego da Antiguidade, seu livro “De Septem Orbis Miraculis” é um dos poucos documentos que trazem a lista original das Sete maravilhas do Mundo Antigo e incluía o Farol de Alexandria, o Templo de Ártemis, o Colosso de Rhodes, os Jardins Suspensos da Babilônia, o Mausoléu de Halicarnasso, as Pirâmides de Gizé e apesar da lista ser grega, apenas uma das obras situava-se na Grécia: a Estátua de Zeus .

As 7 Maravilhas Modernas ainda não foram anunciadas (só o serão no dia 7-7-2007), mas já há uma lista de 20 candidatas, de onde destaco as 10 que estão em melhor posição de serem as seleccionadas. A saber : Acrópole de Atenas, Chichén Itzá, Coliseu de Roma, Estátuas da Ilha de Páscoa, Grande Muralha da China, Machu Picchu, Petra, Stonehenge, Taj Mahal e a Torre Eiffel .

Para mais informações acerca das 7 Maravilhas visitar o site oficial do evento ou este site.

Deixo aqui um video onde podemos ver as 20 candidatas a Maravilha.



domingo, 24 de junho de 2007

Daft Hands

Para quem gosta de Daft Punk, encontrei no youtube um vídeo alternativo da "Harder, Better, Faster, Sronger", com um fantástico trabalho de mãos.

Onde Está o Recruta Zero?


Eu já descobri onde ele está e vocês conseguem descobri-lo?

Mais tiras do recruta Zero no blog tiras-zero.

sábado, 23 de junho de 2007

Sicko


Michael Moore, o tal do Fahrenheit 911, vai estrear, no próximo dia 29, um novo filme polémico chamado Sicko.
Acabei de o ver e posso dizer que é realmente um forte ataque ao sistema de saúde americano , mas só fica escandalizado e surpreso, com o que ele diz, quem acredita nas mentiras que esta classe politica mundial (neste caso americana) diz e quem se deixa manipular pela informação que os meios de comunicação transmitem(não podemos esquecer que 96% dos média mundial são propriedade de judeus ou de companhias pertencentes a judeus).

Este filme fala acerca do sistema de saúde americano (o mesmo que o nosso governo quer implantar em Portugal) e da merda que os privados estão a fazer a todos aqueles que não têm dinheiro para pagar um seguro de saúde e, mesmo que o tenham, depois quando necessitam de o usar, as formas que utilizam para não pagarem aquilo que os cidadãos têm direito, aumentando os lucros anualmente à pala da morte e da desgraça do povo.
Neste filme faz a comparação entre a saúde dos EUA e alguns países, entre eles o Canadá, Inglaterra, França e por último Cuba.

Mas o melhor é ver o filme e tirar as conclusóes. Como já foi retirado do Youtube por determinação de um tribunal, a pedido do próprio Michael Moore, vão ter que fazer o download do megaupload(se quiserem), demora à volta de 30 minutos mas vale a pena, para isso é só clicar aqui .
Caso não consigam baixar do megaupload (porque parece que vai abaixo de vez em quando), podem aceder a este site onde encontram mais links para fazer o download do Sicko.
Agradeço ao xatoo pelo link.

sexta-feira, 22 de junho de 2007

Mais Pearl Jam

Hoje tenho uma surpresa para todos os fans de Pearl Jam que me visitam, e também para todos os fans de todo o mundo. Isto porquê, perguntam vocês. Isto porque tive a amabilidade de fazer o upload de um video dum concerto acústico que os grandes Pearl Jam deram no Benaroya Hall, há alguns anos atrás, a data exacta não sei (talvez os mais fanáticos(fans) me possam ajudar). O que sei é que este concerto foi gravado para ou pelo fan club dos Pearl Jam e estava disponivel só para o Brasil com uma nota a dizer "partilhar só com amigos", pois bem é mesmo isso que estou a fazer.:)
Espero que gostem deste espectaculo. Caso queiram ver no Google Video é só clicar aqui.


P.S.
Este concerto realizou-se no dia 22 de Outubro de 2003, no Benaroya Hall, em Seattle.
Agradeço à Canochinha pelo esclarecimento.

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Pearl Jam

Os Pearl Jam estiveram em Portugal há pouco tempo, no Oeiras Alive! e deram, pelo que dizem, um concerto memorável. Eu acredito porque já os vi 2 vezes ( Dramático Cascais e Restelo) e foram dos melhores concertos que já vi ( e já vi muitos) na minha vida.
Hoje vou mostrar as primeiras três músicas do espectaculo no Alive, uma transmissão da Sic Radical.
Agradeço à Canochinha, do blog Espaço Rosa, pelos links para baixar este video, fotos e o audio do concerto.

quarta-feira, 20 de junho de 2007

As 7 Aberrações Nacionais

Como se sabe está a acontecer um concurso promovido por um canal de TV, para eleger as 7 maravilhas de Portugal. Agora o Tal e Qual decidiu eleger as 7 Aberrações de Portugal e eu fui encontrar, no blog que existe para esse efeito, as escolhas de várias pessoas de diversas áreas da nossa sociedade. O que me chamou a atenção nessas escolhas, para vir fazer um post acerca desse assunto, foi ver que Quarteira aparece em várias das listas de aberrações. Não posso estar mais de acordo, porque só quem não conhece essa cidade algarvia pode falar bem dela e não me refiro só à urbanistica e às torres em frente da praia, refiro-me ao ambiente de favela brasileira (literalmente) que por lá se vive. Ora bem, e esta conversa toda porquê? Porque há pouco tempo fui a Armação de Pêra e reparei que esta está a seguir o mesmo caminho de Quarteira, prédios por todo o lado, para venda ou para alugar, brasileiros a beber em monte naquelas esplanadas, brasileiras ao ataque, ukras , kosovos, pretos à boa vida e poucos portugueses pelo menos até ao verão e chegar a canalha toda do norte e Lisboa .
Andei à procura dos bombeiros, naquela só de ver como era o quartel e ... nada, procurei por um jardim digno desse nome para descansar e ..nada, só vi betão e mais betão.
Já que a vila cresceu tanto nos últimos anos era de supor que tivesse infraestruturas para dar apoio a toda a gente que presumo estejam à espera de vir a ter.
Mas pelos vistos primeiro constrói-se dezenas, talvez centenas de prédios de 10 ou mais andares e depois é que se dá qualidade de vida às pessoas que porventura virão morar para eles. Fiquei a saber, mais tarde, que Armação de Pêra não tem bombeiros, existe um quartel ali perto mas é em Alcantarilha e este é uma secção dos de Silves, enfim.
E já que estou nesta dos bombeiros pergunto se houver um incendio num 10º andar como é que extinguem o fogo, já que no concelho não existe viaturas com escadas suficientemente altas para apagar um foco de incendio a grande altura.

Já agora deixo aqui um contributo para as aberrações de Portugal, neste caso é mais a nivel de região do Algarve:
  • Quarteira (como não podia deixar de ser)
  • Armação de Pêra ( outra mais que obvia)
  • Ordenamento de trânsito em Messines ( uma vergonha o que fizeram para supostamente ordenar o transito, tornando-o ainda mais caótico)
  • Estrada Messines-Algoz (passem por lá e tirem as conclusóes)
  • Fortaleza de Sagres ( é um dos candidatos a Maravilha mas para mim não passa de uma Aberração)
  • Corte de árvores centenárias em Messines e reflorestação(?) da vila
  • Presidente da Câmara Municipal de Silves, Isabel Soares.

Muitas mais havia para nomear mas acho que estas já chegam.

terça-feira, 19 de junho de 2007

A Máfia do Vaticano

No site Realidade Oculta encontrei um artigo, publicado pela revista Sábado, no passado mês de Abril, quando o Papa visitou o Brasil, que fala acerca das ligações obscuras que o Vaticano tem com a Máfia e com o mundo do crime por este mundo fora, ao longo dos vários séculos de existência. Podem ler esse artigo clicando aqui.
Retirei uma das partes que considero mais relevantes, embora todo o artigo seja importante para que se perceba parte da merda que é a igreja católica, em particular, e a religião no geral porque acredito que isto não é só apanágio dos cristãos , muitas outras igrejas não passam de máquinas de lavar dinheiro do submundo do crime.

" (...) 18 de Junho de 1982 , pelas 07.30, um carteiro encontrou o cadáver de Roberto Calvi,"banqueiro de Deus" dirigente do Banco Ambrosiano, cujo principal accionista era o Vaticano.
R.Calvi tinha 62 anos e jazia morto , os bolsos do seu fato tnham mais de 5kg de pedras , toda a vida usara bigode, mas agora estava sem ele, rapara o bigode para tentar passar despercebido em Itália, com passaporte falso.
Ele era antigo membro da loja maçónica P2 (Propaganda Dois), os membros da seita denominavam-se Black Friars (Frades Negros).
O relatório oficial apontou para suícidio, porém o cadáver foi exumado 16 anos depois e concluiu-se que foi assassinato.
O crime foi atribuido à Máfia, alegadamente insatisfeita com fundos que lhe haviam sido desviados.
As investigações concluiram que numa série de operações ílicitas que o levaram à bancarrota, o Banco Ambrosiano lavava dinheiro do Máfia Italiana proveniente do tráfico de droga e armas.
O Vaticano acabou por assumir a "responsabilidade moral" pelo colapso do Banco e pagar uma parte da divida aos credores.
O presidente do Banco do Vaticano era o arcebispo Paul Marcinkus,que pertencia à loja maçónica P2, considerada uma organização criminosa com ligação à Máfia pelas autoridades italianas. João Paulo II nunca aceitou tirar-lhe a imunidade para que o arcebispo fosse julgado, o Papa chegou mesmo a colocá-lo na lista de promoções a cardeal.
Um terceiro homem envolvido no caso foi Michele Sindona, membro da Máfia Siciliana, condenado a prisão perpétua pelo assassinato de um magistrado que investigava os seus negócios. Morreu na cadeia depois de ter bebido café envenenado com cianeto. Ele também era membro da P2.
Na casa de Licio Gelli (ex Mestre da P2) foi encontrada uma lista com mais de 900 nomes de pessoas pertencentes à maçonaria italiana, onde constavam nomes de ministros, deputados, generais, chefes dos serviços secretos italianos, directores de jornais, banqueiros, magistrados, prelados ligados ao Vaticano e muitos outros.
Paulo VI afirmou um dia "Por alguma brecha o fumo do demónio penetrou no templo de Deus".(...)


Não sei se alguem já reparou no sinal do diabo que o Bush e tantos outros politicos fazem com a mão, como quem não quer a coisa, acenam ao público com o indicador e o mindinho esticados enquanto os dedos do meio(o anelar e o dedo do meio) ficam dobrados. Isto é daquelas coisas que passam despercebidas aos mais incautos, mas a mim não me enganam, o eixo do mal, como o Bush diz, não é outra coisa senão ele próprio e os seus amiguinhos.

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Chibaria Ao Seu Melhor Nível

Depois da bufaria que foi o caso do professor agora suspenso das suas funções e do processo que moveram ao autor do blog Portugal Profundo por denunciar a escandaleira que foi a licenciatura do Sócatres. Agora temos mais um caso de chibaria ao mais alto nível.

Uma funcionária "escreveu um e-mail ao Governo, denunciando o que considera ser uma dívida fiscal de uma empresa (fábricas Mendes Godinho). As perguntas que enviou ao cuidado do Ministério das Finanças acabaram na mão da administradora da firma para a qual trabalhava".

Vejam a noticia aqui .

É impressionante onde chega o compadrio, os favores, a corrupção desta classe politica e do patronato.

Concurso Base das Lajes

Na semana passada os americanos da base das Lajes lançaram um concurso para postos de trabalho sazonal, em regime de part-time, só aceitando candidaturas de cidadãos norte americanos e de todos os países membros da NATO, excepto Portugal.

É vergonhoso os que esta canalha é capaz de fazer, alem de não rectificarem o acordo com Portugal, para a presença norte americana na base das Lajes, há mais de 7 anos ainda lançam concursos, onde dizem preto no branco, que não aceitam portugueses para trabalhar na base. E o ministro do negócios estrangeiros diz que "é um problema menor". Eu diria mais, isto nem sequer é um problema. Para estes lacaios dos americanos tudo o que for contra os interesses da corja americana isso sim é um problema, e grave, neste caso não se passa nada.

Ler a noticia aqui.

Actualização :

Breve história da base das Lajes:

O primeiro acordo de Defesa entre Portugal e EUA data de 1951, embora os americanos utilizassem os Açores para fins militares desde 1943, beneficiando da cooperação estabelecida entre Churchill e Salazar durante a II Guerra Mundial, que permitiu aos ingleses a fixação no arquipélago.

Segundo o Acordo de 1951, os EUA recebiam autorização para construir e manter instalações militares — nomeadamente pistas de aviação e depósitos de combustível e munições — e para trânsito e paragem dos seus aviões militares. Neste primeiro documento não existia uma única referência a contrapartidas para Portugal, a não ser a formação de pessoal militar português e a realização de exercícios conjuntos. O acordo inicial foi renovado sucessivamente por troca de notas diplomáticas, até 1991, quando se iniciou uma negociação para um novo acordo. Refira-se que durante este tempo, Portugal nunca conseguiu que nos documentos diplomáticos firmados conjuntamente com os EUA tivesse sido consagrada uma referência objectiva a contrapartidas financeiras ou de material militar. Em termos práticos, os apoios concedidos ficaram sempre bastante aquém do estabelecido negocialmente entre os dois Estados. A negociação aberta em 1991 só foi concluída em 1995, depois de várias sessões bilaterais que extravasaram por mais de uma vez a dureza habitual neste tipo de diálogo.

O novo Acordo de Cooperação e Defesa cria uma comissão bilateral permanente, encarregue de encontrar programas de cooperação entre os dois países que, à data, ainda são escassos. Ao longo destes anos, os EUA têm usado, com maior ou menor intensidade, a base das Lajes como um eixo fundamental dos seus planos militares ofensivos e defensivos, quando estão em causa operações em África, na Europa ou no Médio-Oriente. O valor estratégico nuclear da base são os seus enormes depósitos de combustível, paióis de munições, centros de comunicações e intelligence. Isto, escrevendo apenas com base em informação disponível.

O aeroporto das Lajes foi construído sob a supervisão do General Humberto Delgado, que teve um papel decisivo para colocar a base ao serviço dos aliados, depois de muitas hesitações de Salazar quanto à colaboração com os ingleses na defesa do Atlântico Norte contra os ataques dos submarinos nazis. Antes, em 1944, foi construído pelas Forças Armadas norte-americanas um aeródromo na ilha de Santa Maria, servindo de plataforma de passagem de tropas. Durante décadas, a infra-estrutura foi o principal motor económico da ilha, já que representava uma escala obrigatória para os aviões que cruzavam o Atlântico.

Esta não foi a primeira incursão dos EUA nos Açores. Desde os fins do século XIX, quando o imperialismo norte-americano se assume em definitivo, depois das vitórias sobre os espanhóis em Cuba e nas Filipinas, que os EUA manifestaram interesse em ter uma base naval nos Açores chegando a concretizar-se esse interesse ainda durante a primeira guerra mundial com uma base naval da marinha dos EUA em S. Miguel.

Depois da saída dos ingleses da Terceira, os EUA ocuparam o aeródromo das Lajes. Desde esse dia 6 de Setembro de 1951, a Base das Lajes ficou hipotecada à estratégia dos EUA. A utilização da Base das Lajes assegurou uma certidão de bom comportamento para o Estado fascista e sua aceitação como membro de pleno direito da NATO.

As autoridades portuguesas sempre fizeram alarde das vantagens socioeconómicas da presença dos EUA nas Lajes, o que não passou e não passa de mais um salamaleque de servo integral, pois ninguém é capaz de se lembrar de quais são essas vantagens. Na renovação do acordo em 1979 (até 83) foram assegurados 80 milhões de dólares para a economia dos Açores e 60 para gastar em armas dos EUA, para a formação da Brigada NATO (blindada aerotransportada). O antigo Presidente do Governo Regional e ex-Presidente da AR Mota Amaral, fala em meio bilião de dólares de benefícios globais. Ele saberá do que fala. Ainda como compensação material pela utilização da Base das Lajes, Portugal tem direito (obrigação!) à aquisição de material obsoleto aos Estados Unidos.

Constituiu escândalo o caso da compra dos aviões caça/bombardeiro A-7 por determinação do então CEMFA, general Lemos Ferreira. A aquisição foi contestada por vários membros do Conselho da Revolução que sustentavam a sua opinião em informações que, para além da clara obsolescência dos aviões, asseguravam que os A7 caíam com alta frequência. Os conselheiros da revolução chegaram a questionar e a responsabilizar o General Lemos Ferreira quanto às possíveis mortes que poderiam ocorrer. Desses A-7 caíram num curto espaço de tempo cerca de uma dezena, sendo responsáveis pela morte de quase o mesmo número de jovens pilotos. Só os manuais de utilização dos A-7 custaram cerca de um milhão de contos!

Segundo o acordo de cooperação e defesa celebrado entre os EUA e Portugal, a utilização da Base para o trânsito de aviões militares norte-americanos decorre de compromissos no âmbito da NATO ou de missões internacionalmente homologadas. Basta um aviso prévio dos EUA, que normalmente não acontece ou acontece em cima da hora, ou é dito que aconteceu. A doutrina é clara: para que serve o aviso? Portugal concorda sempre.


A actualização do post já vai longa e mais haveria a dizer, por isso quem quiser saber mais acerca desta vergonha que é a presença dos EUA na Base das Lajes, pode clicar aqui , aqui e aqui.

Revista de Música

Numa das minhas visitas ao kukas, descobri um magazine de musica, que vale a pena visitar, basta clicar aqui.
Nesta revista podemos encontrar os melhores videos das decadas de 80, 90 e 00; podemos ver alguns cartazes de festivais deste ano; entrevistas e muitas mais coisas que só mesmo visitando a página e descobrir todo um mundo de música ao alcance de um click. O futuro é mesmo isto.

domingo, 17 de junho de 2007

Mais Uma Falcatrua

A Polícia Judiciária (PJ) suspeita que o CDS-PP terá falsificado recibos para justificar a entrada de um milhão de euros na conta do partido, em Dezembro de 2004. De acordo com o «Expresso» e o «Jornal de Notícias», a conclusão consta do relatório final da investigação ao «Caso Portucale.

Em causa, estarão cerca de quatro mil recibos, com valores entre os 200 e os 300 euros, passados em 2005, e preenchidos com nomes que a PJ não conseguiu identificar. A maioria dos recibos não tinha número de contribuinte.

As suspeitas de falsificação de nomes levaram a PJ a constituir arguidos dois funcionários do CDS-PP. Os homens preencheram os recibos, no âmbito do processo que investiga suspeitas de tráfico de influência, na aprovação de um empreendimento turístico do Grupo Espírito Santo.

Um dos nomes que consta na lista dos contribuintes é o de Jacinto Leite Capelo Rego (lê-se com sotaque brasileiro) e parece que foi este nome que despertou a atenção para a falcatrua, descobrindo-se depois outros nomes também muito duvidosos.
É claro que só fica escandalizado com isto quem ainda acredita nestes politicos de merda que nos (des) governam. Se a PJ investigasse os partidos e os politicos como deveria, sem estar sujeita a pressões, acredito que muita coisa se viria a descobrir.

As Marionetas Nacionais e não só

Fiquei a saber no blog Livros do Bilder, que no ano passado (2006) o governo de Portugal tentou proibir a publicação do livro "Clube Bilderberg—Os Senhores do Mundo "de Daniel Estulin, que segundo o seu autor "estão a tentar sufocar este livro porque têm medo que este possa criar uma base que se transforme num movimento populista em Portugal, como já aconteceu na Venezuela, na Colômbia e no México, nos quais a primeira edição esgotou em menos de 4 horas e causou manifestações em frente das embaixadas dos EUA, algo que, como é óbvio e devido ao bloqueio da comunicação social, você não viu nem ouviu na televisão nem na imprensa nacionais".
Entretanto já é possivel compra-lo em qualquer boa livraria, digo eu.
Como o nome indica, o livro fala acerca do Clube Bilderberg e da forma como estes senhores controlam o mundo e os diferentes governos, entre eles, como não podia deixar de ser, o nosso.

Numa entrevista ao Semanário , Estulin fala da influência de Bilderberg na escolha de Durão Barroso para presidente da Comissão Europeia. Da presença de Sócatres numa reunião do clube e menos de um ano depois também era primeiro-ministro e de muitos outros politicos nacionais e estrangeiros que têm ou tiveram ligações a este grupo.

Uma afirmação de Kissinger(um membro permanente de Bilderberg) diz, sem papas na lingua, acerca de Durão Barroso: "indiscutivelmente o pior primeiro ministro na recente história política. Mas será o nosso homem na Europa."

Diga-se de passagem que não é novidade para mim o facto de sermos governados por outros que não sejam as marionetas dos nossos governantes nacionais. Também não é novidade o Durão Barroso ser uma marioneta nas mãos desses clubes e sociedades secretas, assim como o Guterres, que foi, e é, a mesma merda que o Barroso,um politico que contribuiu (e de que maneira) para afundar Portugal e depois abandona o País ingressando num grande tacho mundial. Para não falar nos outros politicos que só têm feito merda no País, por interesses particulares ou por outro tipo de interesses (que vão dar aos particulares) que nunca são para a maioria do povo.

Acerca do tema das sociedades secretas, mais tarde farei um post com vários links para sites, em português, que descobri há pouco tempo, mas que já podem ser consultados, na barra lateral, em sites+blogs da resistencia.

sábado, 16 de junho de 2007

Metáfora

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Afinal Tinha Talão de Compra

A velhota que supostamente furtou um creme de beleza de 3,99 euros num supermercado Lidl, afinal tinha o talão de compra do referido creme, que foi entregue pelo próprio Lidl como prova.

"O julgamento teve início a 23 Maio nos Juízos Criminais do Porto. Apesar do valor irrelevante do creme de beleza alegadamente roubado (3,99 euros), o Ministério Público decidiu avançar com a acusação, num processo que custará centenas de euros ao Estado, sendo que só o advogado oficioso da arguida recebe 264 euros por cada sessão do julgamento."

Mas será caso que esta gente não tem mais nada para fazer? Gastar centenas de euros, dezenas de horas de trabalho por causa de 3,99 € , que tinham sido pagos? Sinceramente cada vez sinto-me mais revoltado com esta canalha. Puta q'os pariu!

Reabertura SAP de Vendas Novas




Foi preciso morrer uma pessoa para que o tribunal de Beja decidisse a reabertura do Serviço de Atendimento Permanente de Vendas Novas. Mesmo assim o ministro da saúde diz que "deve ser imediatamente preparado recurso desta sentença", existindo agora um prazo legal de 15 dias para o efeito.
Este ministro faz de tudo para que os amiguinhos dele consigam abrir clinicas nos sitios onde são encerrados hospitais e centros de saúde, e para que não tenham concorrencia do Serviço Nacional de Saúde, até ordens do tribunal ele não aceita.
Quantas mais pessoas precisam de morrer, para que estes politicos de merda deixem de se vergar ao poder dos privados que têm interesses na área da saúde? Privados que tudo fazem para desacreditar o SNS, para poderem abrir as suas clínicas privadas e ganharem rios de dinheiro à pala dos contribuintes que deveriam ter um acesso à saúde, como diz no artigo 64º da Constituição Portuguesa, "tendencialmente gratuito".

artigo 64º
(Saúde)

1. Todos têm direito à protecção da saúde e o dever de a defender e promover.

2. O direito à protecção da saúde é realizado:

a) Através de um serviço nacional de saúde universal e geral e, tendo em conta as condições económicas e sociais dos cidadãos, tendencialmente gratuito;

b) Pela criação de condições económicas, sociais, culturais e ambientais que garantam, designadamente, a protecção da infância, da juventude e da velhice, e pela melhoria sistemática das condições de vida e de trabalho, bem como pela promoção da cultura física e desportiva, escolar e popular, e ainda pelo desenvolvimento da educação sanitária do povo e de práticas de vida saudável.

3. Para assegurar o direito à protecção da saúde, incumbe prioritariamente ao Estado:

a) Garantir o acesso de todos os cidadãos, independentemente da sua condição económica, aos cuidados da medicina preventiva, curativa e de reabilitação;

b) Garantir uma racional e eficiente cobertura de todo o país em recursos humanos e unidades de saúde;

c) Orientar a sua acção para a socialização dos custos dos cuidados médicos e medicamentosos;

d) Disciplinar e fiscalizar as formas empresariais e privadas da medicina, articulando-as com o serviço nacional de saúde, por forma a assegurar, nas instituições de saúde públicas e privadas, adequados padrões de eficiência e de qualidade;

e) Disciplinar e controlar a produção, a distribuição, a comercialização e o uso dos produtos químicos, biológicos e farmacêuticos e outros meios de tratamento e diagnóstico;

f) Estabelecer políticas de prevenção e tratamento da toxicodependência.

4. O serviço nacional de saúde tem gestão descentralizada e participada.



Parece-me que o encerramento de hospitais, centros de saúde e maternidades é inconstuticional, digo eu.



imagem retirada de WeHaveKaosInTheGarden.

quinta-feira, 14 de junho de 2007

White Stripes


Já cá canta o novissimo "Icky Thump", dos White Stripes, que tem lançamento previsto na Alemanha amanhã dia 15, no resto da Europa para 18 de Junho e 19 de Junho para o resto do mundo.
Depois de uma passagem e de uma grande prestação no Oeiras Alive, os White Stripes voltam, desta vez, directo para a minha playlist com mais um excelente album. Para quem quiser ouvir o album, antes de o comprar, pode ir ao soulseek que já está disponivel. Quem me conhece nesse programa de sacanse já sabe onde encontrá-lo, a esse e a tantos outros albuns. Para quem não me conhece, paciência.:)
Por agora podem ouvir o single de apresentação, que dá título ao album .

quarta-feira, 13 de junho de 2007

Festival de Jazz


Da próxima 6ª feira até Domingo decorre o 5º Festival de Jazz de Lagoa, no Sitio das Fontes (foto acima), perto de Estombar.
O Quarteto de J. D. Walter abre o festival, na noite (22h00) da próxima sexta-feira, sendo aguardada com grande expectativa a prestação do vocalista. Podem conhecer este artista no myspace do próprio.

No segundo dia, subirá ao palco Hilaria Kramer e a BB-Band. A trompetista suíça Hilaria Kramer é a autora de boa parte das composições deste quarteto, que navega pelos ritmos do free jazz e do acid jazz. Podem ver um excerto da sua actuação de Lagos, em 2005, clicando aqui.

No encerramento, estará Richard Galliano e o Quarteto Tangaria. Conhecido mestre internacional do acordeão, Richard Galliano inventou o estilo new-musette, introduzindo o instrumento no universo do jazz, sempre com influências sul-americanas.

Paralelamente decorrerá uma feira do disco e uma exposição de fotografia e os visitantes contarão com uma área de restauração.

O custo da entrada no festival é de 8€ euros e a aquisição de bilhetes é feita no próprio recinto ou no Convento de S. José em Lagoa.

Um festival a não perder. Para finalizar deixo um video de Richard Galliano e o Quarteto Tangaria.




Santo António


Neste dia feriado para o pessoal de Lisboa, fica aqui esta imagem retirada do WeHaveKaosInTheGarden.

terça-feira, 12 de junho de 2007

Continuação

Mudando, não diria de assunto porque vou continuar na politica, mas mudando de ares, terminou na sexta-feira passada a reunião dos maiores assassinos e mafiosos que dão pelo nome de G8.
As medidas que estes senhores aprovaram, como sempre, tem à cabeça de lista a ajuda a África, esse continente que os próprios exploram até à exaustão com o consentimento dos governantes africanos. Não se importando durante todo o ano com as milhares de mortes que as armas, que os países do G8 fabricam e vendem, provocam . Não se importando com o saque aos recursos naturais de África por parte das multinacionais , que só por acaso também são propriedade desses mesmo do G8. Não se importam com a poluição que fazem, com os atentados ambientais diários provocados pelas armas cada vez mais sofisticadas, pela substituição de espaços verdes por betão. Poderia estar aqui o resto do dia a escrever a merda que estes assassinos fazem ao mundo. Depois durante três ou quatro dias vêm com esta conversa de ajudas aos países menos desenvolvidos, proteger o ambiente e tal.

Por falar em acaso, é muito engraçado ver que o Hotel Kempinski (onde foi realizada a reunião), fica paredes meias com a embaixada da Grâ-Bretanha, em Berlim, e com (pasme-se) a embaixada dos EUA , esta ainda em construção, que será a mais avançada que este país tem fora dos Estados Unidos.
Escusado será dizer que estas embaixadas e o hotel terão, certamente, muitos túneis subterrâneos de ligação entre si. E escusado será também dizer que é um judeu o propríetário desse luxuoso hotel (assim como uma vasta cadeia de hóteis de luxo espalhados pelo mundo). O “Kempinski” de Heiligendamm é propriedade da família Fritz Teppich um dos primeiros judeus a regressar a Berlim vindo do exílio americano no pós-guerra.

Acerca deste tema do hotel , podem ir ao blog xatoo e tirar todas as dúvidas. Saliento só mais esta página, em inglês, que conta toda a história deste judeu e sua familia.

Mas claro isto é tudo por acaso, uma coincidência.

P.S. o post a que me refiro é de 6 de junho 2007 e tem por titulo "Mentirosos-G8".

Regresso às Lides (?)




Nos últimos dias não tive oportunidade de postar, por diversos factores que não interessam muito estar a explicar. Isto não quer dizer que não tenha estado atento ao que se passa por este mundo fora e aconteceu muita coisa nesta minha ausência. Até tenho a impressão que me vou alongar demasiado neste post.
Para começar, como se pode constatar pela foto tirada ao nosso primeiro, pelo Kaos, com uma máquina que consegue captar a aura das pessoas. A aura de Sócrates está um pouco para o, digamos, aSalazarado.
Já tivemos um prenúncio, de que o povo anda descontente com a corja que nos governa, no dia 10 de Junho, em Setúbal, os apupos que a comunicação social diz que eram endereçados ao Otário Lino (que nem apareceu na cerimónia, refugiando-se directamente no edificio onde ia decorrer outra das cerimónias desse dia) e ao Sócrates, na minha opinião e de alguns que por lá se encontravam, as vaias eram mesmo para todos os governantes que estavam nessa cerimónia. Triste foi ver que ainda há gente que defende este (des)governo e tentou abafar a coisa com palmas e vivas ao Presidente da República. Será que foram pagos para o efeito, como a canalha que costuma andar nas campanhas eleitorais a acenar bandeiras e a distribuir propaganda? Ou será que foi espontâneo, o que a verificar-se esta útima hipótese ainda é mais grave.

O discurso do Cavaco parece que foi igual ao do ano passado, com a mesma conversa de "os portugueses não se devem resignar. Pelo contrário, devem acreditar em si próprios." Pois fica sabendo que os portugueses acreditam neles próprios, não acreditam é em vocês politicos de merda e corruptos.



domingo, 10 de junho de 2007

Graffiti Ucraniano



O tempo mais uma vez está escasso para postagens, por isso deixo aqui este link para uns graffitis feitos na Ucrânia, vale a pena ver a arte de rua daquelas paragens.

Em Portugal, alguns putos que gostam de estragar paredes, deviam aprender a fazer desenhos de alguma utilidade, nem que fosse para dar um pouco de mais alegria aos portugueses que bem precisam. Em vez de deixarem "Tags" em tudo o que é sitio, e já agora que merda é esta de Tag? Precisam de se afirmar na merda de vida que levam e para isso assinam em tudo o que é sitio com letras que nem se percebe, enfim.



Agradecimentos ao Mini-Kukas, pelo link.

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Pearl Jam

Numa altura que os Pearl Jam regressam a Portugal e visto que eu não posso ir ver, por diversas razões, deixo aqui uma recordação do concerto no MTV Unplugged, de 1992.

terça-feira, 5 de junho de 2007

Tomatada

Para quem está farto deste governo, mais precisamente do primeiro ministro e das suas politicas, pode clicar aqui , aliviar um pouco do stress e deitar cá para fora essa raiva contida.

Agradecimentos ao blog Cabalas pelo link.

Manipulação na Imprensa Mundial

Na sequência da noticia do post anterior, resolvi procurar artigos que falassem acerca da manipulação de informação por parte da imprensa mundial. Como não podia deixar de ser socorri-me do resistir.info, onde encontrei coisas muito interessantes que podem ser lidas aqui e aqui e de onde retirei o texto seguinte:



(...) "A manipulação dirige-se ao pensamento, aos sentimentos, às acções (e omissões) de toda e qualquer pessoa. Da esfera íntima até à apresentação pública no trabalho, na escola ou na política, não sobra um único aspecto, uma única dimensão da vida que dela não receba a influência. O objectivo final da manipulação é a obtenção da passividade e da submissão. A manipulação das mentes é uma guerra psicológica planificada, elaborada a partir de conhecimentos científicos, contra o desenvolvimento progressista, isto é, solidário e cooperativo do ser humano ou, o que é a mesma coisa, orientada contra o progresso social.
(...)
Naquilo a que se chama "sociedade de mercado livre", a função da indústria da comunicação, como de qualquer indústria, consiste em gerar lucro, mais ainda, em estimular a sua criação e, sobretudo, em manipular a maioria da população de maneira a que esta não empreenda acções contra o sistema de economia privada, mas antes que o apoie e reforce. A razão de ser da manipulação funda-se nas leis que regem a economia de mercado. Por isso há quem a tenha qualificado como um instrumento de conquista, como o fez Paulo Freire, na sua "Pedagogia do Oprimido". A manipulação, diz o pedagogo brasileiro, é um dos recursos mediante os quais "as elites dominantes tratam de fazer com que as massas se moldem aos seus objectivos". Valendo-se de mitos que explicam, justificam e até adornam as condições existentes de vida, a minoria que dispõe dos media mobiliza-se em favor de uma ordem social que não serve os interesses das maiorias. Uma manipulação bem sucedida fará com que as pessoas não pensem noutros ordenamentos sociais possíveis nem, consequentemente, em alterar os existentes.

(...) Por outras palavras, a função primordial da indústria da comunicação, da consciência, do entretenimento ou como quer que se lhe chame, na sociedade capitalista consiste em desorganizar e desmoralizar os submetidos. Neutraliza os dominados, por um lado, e consolida, por outro, a solidariedade com a classe dominante e com os interesses desta. Ao fim e ao cabo, "os ricos também choram", têm problemas com os seus filhos, etc. Os modelos de conduta que apresentam, baseiam-se no êxito pessoal, no individualismo, no isolamento e na fragmentação social. O colectivo, segundo tal lógica, não conduz a lado algum.

(...) A verdade é que se contam pelos dedos de uma mão as agências internacionais que seleccionam os acontecimentos e as imagens que vemos na maior parte do mundo. O mesmo é válido para a produção de filmes, séries televisivas, livros de texto, etc. Basta recordar a informação sobre a Guerra no Golfo, do princípio dos anos 90, cuja cobertura foi atribuída em exclusivo à cadeia norte-americana CNN (a mesma da manipulação de imagens e informação do post anterior), com os jornalistas devidamente escolhidos e previamente industriados pelos militares do Pentágono. Basta recordar que 95 por cento das imagens difundidas pelos meios de comunicação são fornecidas por uma agência noticiosa dos Estados Unidos ou, ainda, que 90 por cento dos conhecimentos armazenados em bancos de dados de todo o mundo são propriedade privada norte-americana.

(...) Em suma, uns poucos detêm o poder de definir a realidade para a maioria de todos os outros, de dizer-lhes o que se passa, o que é bom e o que é mau, o que se deve ou não fazer e como fazê-lo, etc.

E a história que nos contam costuma ser, quase sempre, a dos outros, não a nossa. Enquanto estamos entretidos a viver as histórias dos outros, não temos tempo para nos interessarmos pelas nossas próprias, isto é, com as histórias da nossa vida. Porque se nos ocupássemos dela, se acerca dela descobríssemos como são bem outros que a determinam e não nós, certamente não ficaríamos de braços cruzados e tentaríamos mudar a figura das coisas.

(...) Lorde Nordcliffe, dono de um dos mais poderosos consórcios jornalísticos dos princípios do século XX disse: "Deus ensinou os homens a ler para que eu possa dizer-lhes quem devem amar, quem devem odiar e o que devem pensar". (Onde se lê Lorde Nordcliffe pode-se ler a comunicação social por este mundo fora que, quer queiramos quer não, é controlada pelos diferentes governos mundiais, que por sua vez pode-se dizer é só um governo , com um único interesse, que é o lucro e a exploração e controle da maioria da população).

(...) O simples método de manipular comunicando tão-somente aquilo que convém implica, por definição, o silenciamento do inconveniente. Os governos, por exemplo, encontram um formidável instrumento de controlo social no silenciamento de informações vitais à população, como ocorreu em Espanha durante a Guerra do Golfo com a questão dos sobrevoos e abastecimentos das tropas norte-americanas.

(...) Quando a verdade não corresponde aos interesses do capital, não se trata de mentir, mas antes de não dizer a verdade. Este método é mais difícil de ser percebido pelos leitores, ouvintes ou telespectadores.

(...) Informa-se de maneira selectiva, mas credível, acerca de fenómenos, pormenores, sem contexto, sem chegar, nunca, à essência do sistema. "

segunda-feira, 4 de junho de 2007

Manipulação de Imagens na CNN

A CNN manipula imagens de uma manifestação em Acapulco, México para que pareçam que está em Caracas, Venezuela. E assim vai andando este mundo de mentiras e manipulação .

Colhões ao Poste

Uma noticia do Correio da Manhã de ontem diz que dois estudantes da Escola 2,3 Dr. Daniel de Matos, em Poiares ficaram feridos nos orgãos genitais, numa brincadeira de mau gosto chamada "Ida ao Poste". (Aqui na minha zona chama-se "Colhões ao Poste")
Depois para terminar a noticia dizem que "no ano lectivo de 2005/2006 houve 1500 agressões envolvendo alunos, professores e auxiliares. Que 1 em cada cinco alunos das escolas portuguesas, entre os 10 e os 12 anos, são vítimas de agressões constantes ". (...) E que "Um relatório da Assembleia da República recomenda a criação de uma Comissão de Segurança em cada escola".
Quanto ao nº de agressões não me pronuncio porque não sei o que é que eles consideram como agressão. Acerca de 1 em cada 5 alunos ser alvo de agressão presumo que seja por parte dos colegas mais velhos e de que já pretendem criar uma Comissão de Segurança em cada escola, acho que por muitas medidas e comissões que queiram criar para controlo dos alunos, vai ser muito díficil acabar com a violência nas escolas.
Sempre houve violência, os alunos mais pequenos e mais novos sempre foram intimidados e gozados pelos mais velhos, sempre levaram carolos, sempre foram pendurados nos cabides juntamente com as mochilas, ou como neste caso jogados de pernas abertas contra um poste.

Quando estudava no secundário também tinhamos essa brincadeira , nenhum dos intervenientes teve que receber tratamento hospitalar, mas ninguém saía bem tratado quando tinha o azar de "participar" na dita. Que me lembre não mandei putos contra ao poste de pernas abertas, mas pendurar um ou outro num cabide fiz muita vez, era de partir a rir vê-los a espernear e aos gritos :"Tira-me Daqui! Tira-me Daqui! #*£§&§%$#£§$£" hahahahahaha.

Tenho de admitir que é uma brincadeira estúpida que pode vir a trazer problemas muito graves, tanto a nível físico como psicológico, a quem a sofre na pele ou para ser mais exacto, nos testículos.
Mas daí até criar comissões para acabar com a violência nas escolas, quando o problema está em casa, nos pais que não sabem educar os filhos, desresponsabilizando-se dos seus deveres, exigindo que a escola e os professores ensinem as crianças a comportarem-se em sociedade, a respeitarem o próximo, a terem bons costumes e valores morais, quando isso já deveriam ter sido eles (os pais) a fazê-lo.

sexta-feira, 1 de junho de 2007

O (des)Emprego em Portugal

Os leitores deste blog já devem ter reparado que sou um leitor assíduo do resistir.info. Hoje como não podia deixar de ser vou mostrar mais um excelente estudo que encontrei por lá, que podem ler ao clicar aqui.
O artigo fala acerca da forma como o Instituto Nacional de Estatistica faz os seus estudos. retirei os parágrafos seguintes para terem uma ideia das mentiras do governo.

QUEM É CONSIDERADO OFICIALMENTE EMPREGADO

De acordo com as Notas Metodológicas que incluem a definição dos conceitos utilizados, as quais estão em anexo nas Estatísticas de Emprego publicadas pelo INE, mas que ninguém lê, são considerados empregados, logo não são incluídos no número oficial de desempregados, todos aqueles que tenham mais de 15 anos de idade e que na semana anterior em que foi feito o inquérito pelo INE sobre o emprego se encontrem numa (portanto, basta que satisfaça uma ) das seguintes condições:

(1) Ter efectuado trabalho pelo menos de uma hora, mediante o pagamento de uma remuneração , em dinheiro ou em espécie;

(2) Ter um emprego, embora não estando ao serviço, bastando manter uma ligação formal com o emprego;

(3) Estar na situação de pré-reforma, mas encontrando-se a trabalhar no período de referência.

QUEM É CONSIDERADO OFICIALMENTE DESEMPREGADO

De acordo com as Notas Metodológicas que acompanham as Estatísticas de Emprego publicadas pelo INE, mas que também ninguém lê, só são considerados desempregados, os indivíduos com idade superior a 15 anos, que na semana anterior ao inquérito realizado pelo INE, se encontrem simultaneamente nas seguintes condições (portanto, se não cumprir uma das condições já não é considerado oficialmente desempregado):

(1) Não ter trabalho remunerado ou qualquer outro (portanto, se tiver outro, mesmo não remunerado, não é considerado oficialmente como desempregado);

(2) Estar disponível para trabalhar num trabalho remunerado ou não (portanto, se não estiver disponível para realizar um trabalhão não remunerado já não é considerado oficialmente como desempregado);

(3) Ter procurado trabalho, isto é, que tenha feito diligências ao longo das últimas 4 semanas para encontrar um emprego remunerado ou não (portanto, se não tiver feito diligências já não é considerado oficialmente como desempregado).

Em resumo, o português que esteja efectivamente desempregado mas que ou não tenha feito diligências no mês anterior ao inquérito realizado pelo INE para arranjar emprego, ou que esteja a fazer um trabalho não remunerado para ocupar o tempo porque está efectivamente desempregado, já não é considerado oficialmente como desempregado, e por isso não consta na estatística oficial de desemprego e, desta forma artificial, a taxa oficial de desemprego também diminui. É curioso, e também esclarecedor, notar que para ser considerado empregado basta preencher uma das condições indicadas (o que facilita, e assim se aumenta o número de empregados), mas para ser considerado desempregado é já necessário preencher simultaneamente todas as condições indicadas (o que dificulta, e assim se diminui o número de desempregados) .