sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

As Obras Básicas do Espíritismo

Encontra-se ali na barra lateral, em E-Books e Downloads, mais uns livros para leitura. Chamam-se "As obras básicas do espiritismo", também conhecidas como "codificação espírita", são cinco livros publicados pelo pedagogo Hippolyte Léon Denizard Rivail sob o pseudônimo de Allan Kardec, entre 1857 e 1868, na França. São elas, por ordem de publicação:


O Livro dos Espíritos (Le Livre des Esprits) é o primeiro livro sobre a doutrina espírita publicado pelo educador francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, em 18 de Abril de 1857, sob o pseudônimo Allan Kardec. É uma obra básica do espíritismo e foi lançado por Kardec após seus estudos sobre os fenômenos que, segundo muitos pesquisadores da época, possuíam origem médium, e estavam difundidos por toda a Europa durante o século XIX.

Apresenta-se na forma de perguntas, dirigidas ao que Kardec defendia serem espíritos, (não por acreditar, pura e simplesmente, mas por estar de acordo com as pesquisas feitas à época por grandes cientistas , além dele mesmo) e respostas, totalizando 1.019 tópicos. Foi o primeiro de uma série de cinco livros editados pelo pedagogo sobre o mesmo tema.

link para O Livro dos Espíritos: http://www.geae.inf.br/pt/livros/le/index.html


O Livro dos Médiuns, ou Guia dos Médiuns e dos Evocadores, é a segunda das cinco obra básica do espíritismo publicada em 1861, na França, por Allan Kardec. Versa sobre o carácter experimental e investigativo da Doutrina Espírita, visto como ferramenta teórico-metodológica para se compreender uma "nova ordem de fenômenos", até então jamais considerada pelo conhecimento cíentifico: os fenômenos ditos espíritas ou mediúnicos, que teriam como causa a intervenção de espíritos na realidade física.

link para O Livro dos Médiuns:http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/lm/


O Evangelho Segundo o Espiritismo é uma obra de Allan Kardec, lançada em abril de 1864, que avalia os evangelhos canônicos sob a óptica da doutrina espírita, tratando com atenção especial a aplicação dos princípios da moral cristã e de questões de ordem religiosa como a da prece e da caridade.

Dentre as cinco obras compiladas por Allan Kardec relacionadas ao espiritismo, é a que dá maior enfoque a questões éticas e comportamentais do ser humano.

Na introdução da obra, Allan Kardec divide didacticamente os relatos contidos nos Evangelhos canônicos em cinco partes: os actos ordinários da vida de Jesus; os milagres; as predições; as palavras que serviram de base aos dogmas; e os ensinamentos morais. Segundo Kardec, se as quatro primeiras foram, ao longo da história, objecto de grandes controvérsias, a última tem sido ponto pacífico para a maior parte dos estudiosos.

link para O Evangelho Segundo o Espíritismo: http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/es/index.html



Céu e o Inferno, ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo, é a quarta das cinco obras básicas do espíritismo, lançada em 1865, na França, por Allan Kardec. Compõe-se de duas partes: na primeira, Kardec realiza um exame crítico da doutrina católica sobre a transcendência, procurando apontar contradições filosóficas e incoerências com o conhecimento científico, superáveis, segundo ele, mediante o paradigma espírita da fé raciocinada. Na segunda, constam dezenas de diálogos que teriam sido estabelecidos entre Kardec e diversos espíritos, nos quais estes narram as impressões que trazem do além-túmulo.

link para O céu e o Inferno: http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/ci/index.html



A Gênese, ou também Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo, foi publicada em 6 de Janeiro de 1868. Nesta obra, Allan Kardec aborda diversas questões de ordem filosófica e científica, como a criação do Universo, a formação dos mundos, o surgimento do espírito, segundo o paradígma espírita de compreensão da realidade.

Neste livro Kardec procura estudar os milagres como fenômenos naturais cujos mecanismos de funcionamento são atualmente desconhecidos pela Ciência. Descreve os feitos extraordinários de Jesus Cristo, explicando o que teria realmente acontecido. Também mostra o processo espiritual e físico da criação da Terra, dos astros e planetas que compõem o Universo, segundo a visão científica de seu tempo: Epígrafe:"A Doutrina Espírita é a resultante do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência está chamada a constituir a Gênese segundo as leis da Natureza. Deus prova Sua Grandeza e Seu Poder pela imutabilidade de Suas Leis, e não pela sua suspensão. Para Deus, o passado e o futuro são o presente".


link para A Gênese: http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/ge/index.html


Outras obras de Kardec:

Boa leitura!

Sem comentários: