quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Guerras Sem Fim...

"Nas décadas de 60 e 70, governos britânicos expulsaram secretamente a população de Diego Garcia, uma ilha no Oceano Índico cuja população tem nacionalidade britânica. Mulheres e crianças foram carregadas em barcos que lembravam navios negreiros e despejadas em favelas das Ilhas Maurícias, depois de a sua terra natal ter sido dada aos americanos para a instalação de uma base militar. Três vezes o Supremo Tribunal descobriu esta atrocidade ilegal, considerando-a como um desacato à Magna Carta e a recusa do governo Blair de permitir o povo voltar para casa como "ultrajante" e "repugnante". Mas o governo continua a utilizar recursos infindáveis para apelar, a expensas dos contribuintes, para impedir que Bush fique inquieto. A crueldade disto rivaliza com o facto de que não só os EUA repetidamente bombardearam o Iraque a partir de Diego Garcia como em "Camp Justice", na ilha, "suspeitos da al-Qaeda" são "entregues" ("rendered") e "torturados", segundo o Washington Post. Agora a US Air Force apressa-se a ampliar as instalações de hangares na ilha para que bombadeiros invisíveis ao radar possam transportar bombas de 14 toneladas para "destruição de bunkers" num ataque ao Irão. A propaganda orquestrada nos media é crítica para o êxito deste acto de pirataria internacional."

in artigo de John Pilger no Resistir.Info que aconselho uma leitura atenta.

Para que não nos esqueçamos do que a corja que governa o mundo é capaz de fazer para que nunca haja paz no planeta. E claro não esquecer o papel que o Barroso desempenhou para o inicio desta guerra, no Iraque, sem fim à vista e que pelo andar da carruagem vai alastrar ao Irão com a desculpa de armas nucleares quando a verdadeira razão é o sistema bancário existente no País, como se pode ler neste excelente artigo de Ellen Brown no Resistir.Info.

Sem comentários: