segunda-feira, 6 de agosto de 2007

O Império de Droga de Bush-Cheney - 1ª parte

A partir de hoje vou iniciar a publicação de um artigo, que encontrei no post do xatoo In G.O.D.(Gold, Oil, Drugs) We Trust, que fala acerca do Império de Droga Bush-Cheney e que eu tive a amabilidade de traduzir. Como o artigo é muito grande vou dividi-lo em vários posts para não se tornar muito cansativo, desde já peço desculpa por algum erro de tradução deste artigo originalmente escrito em Outubro de 2000, assim sendo e sem mais demoras aqui vai a primeira parte:

Desde Medellin a Moscovo com a Brown & Roots

A Brown & Roots, da corporação Halliburton, é uma das maiores componentes do Império da droga de Bush-Cheney. O sucesso na liderança da Halliburton Inc.por parte do colega vice-presidente de Bush, Richard Cheney, num "empanturranço" de 3.8 bilhões de dolares em contractos federais e pagamentos de juros dos empréstimos das seguradoras é só um indicador parcial do que pode acontecer, agora que o Bush ganhou a eleição presidencial.

Um olhar mais atento na pesquisa disponivel, incluindo o relatório, de 2 de Agosto de 2000, do Centro para a Integridade Pública (CPI na sigla em Inglês), sugere que o dinheiro da droga desempenhou um papel muito importante no sucesso que a Halliburton teve na tomada de posse de Cheney no CEO de 1995 a 2000.Isto é especialmente verdade para a mais famosa subsidiária da Halliburton, o gigante das grandes construções e do petróleo, a Brown & Roots. Um olhar mais fundo ainda na história revela que o passado da Brown & Roots- assim como o passado do próprio Dick Cheney- tem ligações ao tráfico internacional de droga em mais que uma ocasião e mais do que uma maneira.

No passado mês de junho (NT: no ano de 2000) o delegado para uma companhia de petróleo Russa conectada em relatórios com o tráfico de heroína, e ao mesmo tempo beneficiária dos fundos de empréstimo para pagar os contractos da Brown & Roots na Rússia, tinham um fundo de maneio de 2.2 milhões de dolares para preencher o já mais que cheio cofre do candidato a presidente George W. Bush. Esta não é a primeira vez que a Brown & Roots foi relacionada com drogas ilegais, e um facto é que esta firma pode ser a chave dos esforços da Wall Street para manter o dominio dos 0.5 trilhões de dolares do tráfico mundial de droga e dos seus lucros. E Dick Cheney, que está mais próximo das drogas ilegais que outros suspeitos e que é ao mesmo tempo o maior beneficiário da Halliburton em nome individual($45.5 milhões), tem um vasto interesse em que o sucesso da brown & Roots continue.

De todas as companhias americanas que negoceiam directamente com os militares dos EUA e que providenciam coberturas para as operações da CIA, poucas firmas podem competir com a presença global deste gigante da construção que emprega 20.000 pessoas em mais de 100 países. Através de companhias subsidiárias ou joint ventures, a Brown & Roots pode construir plataformas de petroliferas em alto mar, perfurações , construções e operar tudo desde portos de abrigo a oleodutos e autoestradas até reactores nucleares. Podem treinar e armar forças de segurança e podem também alimentar e fornecer equipamentos para o exército.(...)

Formada originalmente como uma companhia de construção de barragens, rapidamente cresceu devido a contribuições para o candidato ao senado Lyndon johnson em 1948. Expandindo-se para construção de plataformas petroliferas, bases militares, portos, empreendimentos nucleares, portos de abrigo e túneis, Brown & Roots investiu na carreira politica de Lyndon Johnson, e como resultado prosperou fazendo contractos de bilhões ao governo dos EUA durante a guerra do Vietname. The Austin Chronicle, em 28 de Agosto de 2000, intitulou um artigo de " O candidato da Brown & Roots" rotulando o republicano Cheney como o politico administrador da generosidade da Brown & Roots. De acordo com os registos da campanha politica, durante os cinco anos de detenção do cargo na Halliburton, as contribuições politicas mais que duplicaram para 1.2 milhões de dolares, a maior parte desse dinheiro foi para os candidatos republicanos.

O serviço de noticias independente "Newsmakingnews" também descreve como em 1998, com Cheney como presidente, Halliburton gastou 8.1 bilhões de dolares para adquirir a industria de equipamento petrolifero e de perfuração Dresser Industries. Isto fez da Halliburton uma corporação que tem uma presença em quase todas as operações de perfuração de petróleo em todo o mundo.E trouxe de volta à familia a companhia que uma vez ( também em 1948) enviou um avião com o jovem graduado George H.W.Bush para começar a sua carreira nos negócios do petróleo do Texas. Prescott Bush ( o mais velho do clã) foi director-gerente para a firma que a Dresser Industries pertencia, a Brown Brothers Harriman.

continua...

1 comentário:

o moço da bodega™ disse...

muito interessante, quero ver o desfecho desse negócio...

abs.