terça-feira, 12 de junho de 2007

Regresso às Lides (?)




Nos últimos dias não tive oportunidade de postar, por diversos factores que não interessam muito estar a explicar. Isto não quer dizer que não tenha estado atento ao que se passa por este mundo fora e aconteceu muita coisa nesta minha ausência. Até tenho a impressão que me vou alongar demasiado neste post.
Para começar, como se pode constatar pela foto tirada ao nosso primeiro, pelo Kaos, com uma máquina que consegue captar a aura das pessoas. A aura de Sócrates está um pouco para o, digamos, aSalazarado.
Já tivemos um prenúncio, de que o povo anda descontente com a corja que nos governa, no dia 10 de Junho, em Setúbal, os apupos que a comunicação social diz que eram endereçados ao Otário Lino (que nem apareceu na cerimónia, refugiando-se directamente no edificio onde ia decorrer outra das cerimónias desse dia) e ao Sócrates, na minha opinião e de alguns que por lá se encontravam, as vaias eram mesmo para todos os governantes que estavam nessa cerimónia. Triste foi ver que ainda há gente que defende este (des)governo e tentou abafar a coisa com palmas e vivas ao Presidente da República. Será que foram pagos para o efeito, como a canalha que costuma andar nas campanhas eleitorais a acenar bandeiras e a distribuir propaganda? Ou será que foi espontâneo, o que a verificar-se esta útima hipótese ainda é mais grave.

O discurso do Cavaco parece que foi igual ao do ano passado, com a mesma conversa de "os portugueses não se devem resignar. Pelo contrário, devem acreditar em si próprios." Pois fica sabendo que os portugueses acreditam neles próprios, não acreditam é em vocês politicos de merda e corruptos.



1 comentário:

Corduroy disse...

O trabalho do Kaos é msm excelente... Fantástico msm.
Em relação ao dia 10 de Junho... já nem perco tempo a ver essas coisas, pois são mais do mesmo. Promessas e mais promessas. Pedidos e mais pedidos... e no fim, sofremos na mesma!!! É tudo um bando de gatunos e chupistas. Que se fodam esses politicos da treta, que só nos sabem encher com falsas pretensões.

Abraço