quinta-feira, 29 de março de 2007

Mais um pretexto para a guerra contra o Irão

Os 15 soldados ingleses que foram capturados pelo Irão afirmaram a uma TV Iraniana que entraram em águas territoriais iranianas por engano, ao contrário do que o governo de Tony Blair afirma, de que os soldados foram capturados em águas Iraquianas.
Esta confissão só vem reforçar a minha opinião de que todos os pretextos servem para iniciar uma guerra, neste caso contra o Irão, nem que para isso o governo Inglês, que como se sabe é "o" aliado do Bush, e da sua máquina de fazer guerra, tenha que inventar situações para atacar o Irão. Independentemente de haver uma contradição no primeiro relatório onde as primeiras coordenadas fornecidas pelas autoridades iranianas sobre o local do incidente indicavam um ponto nas águas territoriais iraquianas. Essas coordenadas foram depois revistas e passaram a indicar uma área cerca de 500 metros no interior das águas territoriais do Irão.
Como se sabe , a coligação Bush/Blair é responsável pelo maior rol de mentiras para fazerem guerra no médio oriente, e para se apoderarem das rotas e dos poços de petróleo daquela zona.
Já aconteceu isso com o Iraque do Saddam, em que apenas o atacaram porque este teve a brilhante ideia de começar a vender o petróleo em euros, em vez de usar o dolar para as transacções. E agora estão a usar o nuclear que o Irão está a desenvolver como desculpa para um ataque a este País, quando a verdadeira razão é mais uma vez a venda do petróleo , por parte do Irão, em euros, e outros países estão a fazer o mesmo .
Este incidente com os soldados vai ser uma boa desculpa, para juntar ás outras, para atacar primeiro, o Irão , depois logo se vê qual o país insurgente.
E para quando a condenação deste crimes contra a humanidade perpetuados pela quadrilha do Bush?

2 comentários:

Corduroy disse...

Nem mais Fly!!! Não duvido que isto vá servir de pretexto para daqui a um tempo se invadir o Irão...
É pena é que as Nações Unidas nada façam para que esta e outras mentiras se tornem verdades aos olhares dos mais cépticos.
Abraço.

Flyover disse...

As nações unidas fazerem alguma coisa? Desconfio que não.

Umas forças que foram criadas para defender o ocidente na guerra fria contra a URSS,
e que agora é usada como força de ataque, ditos de prevenção, ao serviço dos EUA.
Acho que vai ser dificil fazerem alguma coisa.

um abraço